Termos Técnicos de Bar



Termos técnicos de conhecimento geral listados em ordem alfabética.




  • Barwoman: Feminino de barman.

  • Barback: É o ajudante de bar, pessoa responsável por simplificar o trabalho de um barman cuidando da reposição dos copos, das bebidas, do gelo, cortando as frutas, enfim ele irá auxiliar o barman no que for preciso.

  • Barista: O barista é o profissional especializado no preparo do café, além de ter completo conhecimento sobre o preparo da bebida, ele também deve entender da história do café, do seu cultivo, tipos de grãos e origens, técnicas de degustação, torrefação e moagem. Também trabalha criando novos drinks baseados em café, utilizando-se de licores, cremes, bebidas alcoólicas, entre outros.

  • Barman: Profissional clássico que prepara e serve bebidas num bar, normalmente usa trajes mais formais e possuem conhecimento de receitas dos drinks e cocktails da IBA (International Bartenders Association) e geralmente falam mais de um idioma.

  • Bar-teen | bar infantil: Significa um open bar para crianças ou adolescentes. É servido drinks e coquetéis sem álcool e pode ou não ser decorado com o tema da festa.

  • Bartender Free Style: Este tipo de bartender adquire a arte do working flair, flair, pirofagia, mágicas de bar, danças, performances e outras habilidades que saem do convencional. Vestem-se de forma a agradar o publico alvo. Trabalham geralmente em boates, casas noturnas, festa, baladas e eventos em geral. A sua área de conhecimento em coquetelaria geralmente é básica e/ou direcionada a drinks/coquetéis  mais comerciais e conhecidos do grande público.

  • Bartender: Termo ser refere para ambos os sexos da profissão.

  • Blending: Técnica utilizada quando se trabalha com a liquidificadora (Blender)

  • Buillding: É a montagem da bebida no próprio copo em que ela será servida.

  • Caipirinha: É uma das bebidas brasileiras mais conhecidas internacionalmente. Originalmente é feita com cachaça, limão Taiti (não descascado), açúcar e gelo. Há caipirinhas de todos os sabores, basta só ser preparada com qualquer fruta que se possa extrair o sumo (exemplo: caipirinha de abacaxi, morango, tangerina, lima, caqui, etc).

  • Caipirissíma: É a versão da caipirinha, só que preparada com rum.

  • Caipivodka ou caipiroska: É a versão da caipirinha, só que preparada com a vodka.

  • Coquetel: Originalmente grafado cocktail, o que significa literalmente “rabo-de-galo” em inglês. Combina duas ou mais bebidas, usualmente incluindo componentes leitosos, como: creme de leite, leite condensado, licores a base de leite, sorvete, leite, yogurte, etc. *O termo coquetel, aqui no Brasil, também pode ser entendido como uma celebração social em comemoração a algum evento onde são servidos alimentos e bebidas para os convidados.

  • Coquetelaria: Arte de preparar coquetéis, drinques e similares.

  • Drinque: Originalmente grafado drink, Combina duas ou mais bebidas e na integra significa: a mistura não leitosa. São drinques aqueles feitos, com: licores finos, sucos, refrigerantes, destilados, xaropes e outros, ou seja, não há elementos leitosos.

  • Flair ou Exhibition Flair: Significa flair de exibição. Nesta modalidade os movimentos são mais radicais, pois as garrafas, muitas vezes, se encontram vazias (ou quase vazias),o que possibilita ao bartender free style a executar manobras e/ou malabarismos mais complexos. Desta vez, não necessariamente, se pretende preparar uma bebida ao convidado/ cliente, mas sim mostrá-lo em forma de exibição ou de caráter competitivo.

  • Flaming drinks: Drinks servidos em chamas ou drinks flamejantes.

  • Flaming: É a técnica para aquecer bebidas e entreter os clientes usando fogo seja nos drinks ou no próprio balcão do bar.

  • Flavour: Sabor, dar gosto, temperar.

  • Grenadine ou grenadina: Xarope de romã.

  • Juice: Suco

  • Layering: Técnica utilizada para se fazer bebidas em camadas.

  • Mise en place: Preparação para o trabalho, ou seja, organizar e/ou preparar tudo antes de começar qualquer função.

  • Mixologia molecular: A mixologia molecular é o termo aplicado ao processo de criação de cocktails através da utilização de equipamento científico e as técnicas principais da gastronomia molecular. Trata-se de um processo moderno que possibilita a produção de uma maior variedade e intensidade de sabores, combinação de sabores diferentes, aromas, texturas e efeitos visuais que melhoram a experiência de beber um simples cocktail.

  • Mixologia: Arte de misturar bebidas e formular  coquetéis respeitando o limite de equilíbrio dos componentes, assim como a  variação de álcool contida em cada coquetel.

  • Mixólogo ou Mixologista: Vestem-se de maneira elegante e costumam ser contratados para eventos de alto nível. Seu conhecimento é mais voltado ao conteúdo mais  ). Sua criatividade para criar novos drinks e aromas, de uma forma harmoniosa, são muitos requisitados no mundo inteiro.

  • Muddling: Técnica que se utiliza para macerar ingredientes sólidos numa bebida usando o  macerador (muddler).

  • Open Bar: Open bar significa bar aberto a todos, e é um termo de origem inglesa. Open bar é quando ocorre uma festa com bebida à vontade, não há limite de dose ou drink/ cocktail por pessoa. Geralmente nesse tipo de festa, a pessoa paga apenas por sua entrada, e ao chegar lá a bebida é totalmente liberada.

  • Pirofagia: Qualquer trabalho artístico com fogo.

  • Pirotecnia: Muito confundido com o termo pirofagia, mas se trata do trabalho artístico com fogos de artifício.

  • Shaking: Técnica utilizada quando se trabalha com Shaker.

  • Simple syrup (xarope simples): É uma calda de açúcar com água usado para fazer bebidas em bares. Xarope simples é feita por meio de agitação de açúcar granulado em água quente numa panela até que o açúcar seja dissolvido e, em seguida, o arrefecimento da solução.
  • Sour Mix ou Sweet and sour mix: Na integra significa mistura doce e amarga. É um mistura usado em muitos drinks e coquetéis. É feito de partes  iguais de sumo de limão e Simple Syrup ( xarope simples - receita logo abaixo)  e agitado vigorosamente com gelo. Isto produz um líquido branco com um sabor pronunciado. Pode ser feito de forma caseira ou comprado pronto em casa de bebidas especializadas.

  • Squeeze: Significa uma espremida, ou seja, jogar algumas gotas no drink (exemplo: um squeeze de limão no drink ou qualquer outra fruta que possa se extrair o sumo).

  • Stiring: Técnica utilizada quando se trabalha com a colher de bar (quando se mistura uma bebida com acolher de bar).

  • Storen Pour ou bottle of juice: Ferramenta essencial de bar pertencente a coquetelaria moderna. Trata-se de uma garrafa plástica que serve basicamente para armazenar sucos, molhos, açúcar sólido e base de cocktails. Veio substituir de vez a jarra, antes usada pelos profissionais de bar. Possui bico especial para servir e tampa para armazenar. Material higiênico e de fácil limpeza. - Possui rosca reforçada ideal para a prática do Flair - Disponível em várias cores de bicos e tampas, que normalmente são associadas às cores dos drinks.

  • Strainning: Técnica utilizada quando de trabalha com um coador (strainer), para não deixar passar gelo ou ingredientes sólidos que a bebida possam conter para o copo.

  • Syrup: xarope

  • Tequileiro(a): Este profissional de festas e eventos, não necessariamente especialistas em tequila, precisa ter um apelo um pouco mais sensual e estar em forma sempre. É contratado para animar, dançar e principalmente servir tequila aos convidados. Normalmente vestem-se de roupa mexicana ou com roupas provocantes, de forma a agradar ao seu público alvo. Possuem também um cinturão, no qual guardam suas bebidas. Servem aos seus convidados de uma forma bem atípica, porém divertida, procede-se da seguinte forma: o convidado senta-se numa cadeira, abre a boca jogando sua cabeça para trás. Em seguida o tequileiro, posicionado estrategicamente por trás, põe uma dose de tequila em sua boca, pede para que o mesmo a feche, e com as duas mãos na cabeça do indivíduo, começa a realizar movimentos rápidos e circulares, o transformando numa verdadeira “coqueteleira humana”.

  • Working flair: Em inglês, o termo significa trabalhando com talento, habilidade, estilo, elegância, etc. Para a IBA e toda a coquetelaria é mais que isso, significa uma prática para entreter os convidados com a manipulação das ferramentas de bar, envolvendo por exemplo garrafas, coqueteleiras, gelo, canudos,  guardanapos, storen pour, fogo, magicas, etc), de certa forma é um chamariz de clientes. O working Flair se concentra em garantir o entretenimento visual ao mesmo tempo que se prepara uma bebida. 

Esta página foi revisada e atualizada pela última vez em Dezembro, 2014.
.

Vocabulário de Bar - Termos Técnicos | Fontes, 1 2

Nenhum comentário :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...